Tumores Cutâneos

Por abril 9, 2018 junho 18th, 2019 Outros Procedimentos

A cirurgia para retirada de tumores cutâneos é indicada para pacientes com lesões benignas ou malignas na pele, podendo ser uma retirada parcial ou total do tumor.

O procedimento visa remover a lesão respeitando as características da patologia em questão, sempre com o objetivo de melhorar o resultado estético-funcional da região.

O tratamento pode ser feito em lesões como nevos melanócitos, que são pequenas manchas marrons regulares na pele; siringomas que é um tumor benigno causado com o aumento das células responsáveis em produzir suor; queloides; lipomas, que são caroços compostos por células de gordura; cistos; leiomiomas cutâneos; tumores neurais solitários da pele; hemangiomas; carcinoma basocelular (CBC), carcinoma epidermóide ou espinocelular (CEC); e melanoma.

Nem toda lesão de pele deve passar pela cirurgia de tumores cutâneos, apenas aquelas que foram devidamente avaliadas e que o médico tenha indicado a remoção como forma de tratamento. Nesses casos, um cirurgião plástico deve ser consultado para realizar a retirada parcial ou total do tumor.

Para cada tipo de lesão será indicado um tipo de cirurgia, em casos de cirurgias de remoção parcial, como para a realização de biópsia, será utilizado uma técnica; nas remoções totais, outras técnicas serão aplicadas.

O local do tumor, o tamanho, entre outros fatores interferem na cirurgia, informações estas que serão passadas pelo médico durante as consultas pré-operatórias.

Dr. Tarcísio Mangaravite M. Encinas

Doutor Dr. Tarcísio Mangaravite M. Encinas

Formado por medicina na Universidade Federal Fluminense/UFF, o Dr. Tarcísio Encinas é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e possui ampla experiência com cirurgias plásticas, se tornando um dos nomes mais respeitados no Rio de Janeiro.

Mais Artigos do Dr. Tarcísio Mangaravite M. Encinas

Deixe um comentário